quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007

Erros, Heresias e Contradições

Erros, Heresias e Contradições

NOS ESCRITOS DE JOSEPH SMITH

(Parte I)

INTRODUÇÃO


por Paulo Cristiano da Silva- © Copyright CACP 2003


No dia 01/01/2003, foi ao ar uma reportagem na “National Geographic Channel”, a matéria da reportagem girava em torno da cidade de Salt Lake City,Utah,EUA [capital mórmon], onde foi analisado de modo panorâmico a religião dos “Santos dos Últimos Dias”, popularmente conhecida como - “os mórmons”. Contudo, o que me chamou a atenção foi a narrativa dos eventos da história mórmon feita pelo repórter. O narrador do programa colocava Joseph Smith, como um homem de bem e verdadeiro profeta. Na verdade, tais informações são transmitidas ao público leigo com o fito de esconder a verdadeira história dos mórmons e em particular as contradições, os erros e as heresias dos escritos deste pseudoprofeta. Depois de ler várias obras da Igreja mórmon, posso indubitavelmente afirmar que muito do conteúdo daquele programa não foi fiel à verdade dos fatos. Portanto, gostaria de mostrar aqui as incoerências entre a religião mórmon e as verdades reveladas na Bíblia por Jesus Cristo, as quais são as regras de fé de todo cristão genuíno.
Nosso artigo será dividido em duas partes, sendo que na primeira analisarei as reivindicações do mormonismo e como seus líderes preparam a mente do povo para acreditar que seus escritos são de origem divina. A segunda parte ficou reservada exclusivamente para mostrar as contradições nos escritos de Joseph Smith. Mas adianto desde já que o mormonismo não é cristão e nunca o poderá ser. A razão disso se fundamenta em que a fé mórmon é baseada nos escritos de Joseph Smith e a do cristão verdadeiro na Bíblia somente – Sola Scriptura.

ORIGENS DAS ESCRITURAS MÓRMONS

O Mormonismo teve início quando Joseph Smith, um jovem de 15 anos de Nova Iorque, ficou perturbado por causa de vários avivamentos que ocorreu no local onde morava em 1820. Então resolveu sozinho ir a um bosque a fim de orar a Deus por orientação para saber qual das igrejas era a verdadeira. Em resposta às suas orações, ele alega ter sido visitado por Deus o Pai e seu filho Jesus Cristo, os quais lhe disseram que não se devia juntar a nenhuma daquelas igrejas porque todas as igrejas existentes nesse tempo eram uma abominação aos seus olhos, e ele, Joseph, restauraria a igreja verdadeira. Este acontecimento é comumente chamado de "A Primeira Visão."
Smith só ficou famoso devido a esta suposta visão que teve quando ainda adolescente. Posteriormente, após 3 anos, ele teve outra visão onde um anjo chamado Moroni, lhe revelou que havia antigas escrituras de um povo que viveu a muito tempo no continente americano. Tais escrituras continham uma história sagrada escrita por hebreus da antiguidade que vieram para a América, gravada num dialeto egípcio em tabuinhas de ouro e enterradas num monte próximo. Smith supostamente traduziu estas escrituras de modo miraculoso, através de duas pedras:o Urim e Tumim que também estava preservados, com as placas de ouro. Segundo Joseph Smith, o Urim e o Tumim era um tipo de óculos divino (duas pedras em arco de ouro) que Deus havia conservado por milhares de anos e colocado numa caixa com as placas de ouro para ajudá-lo a interpretar e traduzir a língua na qual o livro estava escrito. Esta língua era o egípcio reformado. Segundo Doutrina e Convênios, José Smith declarou que Deus lhe dera poder para traduzir os hieróglifos do egípcio reformado para o inglês e produzir o que ficou conhecido como: o “Livro de Mórmon”,que alega conter “a plenitude do evangelho de Jesus Cristo” (D&C 20:9). Muitas outras revelações foram dadas a ele no decorrer dos anos, isto foi reunido em um livro chamado primeiramente de “Livro dos Mandamentos” e que só depois de 1835 foi renomeado como “Doutrina e Convênios”. Este livro contém alguns conselhos, doutrinas e regimentos internos da igreja para os mórmons.
Já o livro chamado “A Pérola de Grande Valor” que é o terceiro livro sagrado do mormonismo contém: “O livro de Moisés” [supostas visões de Moisés reveladas a Smith]; “O Livro de Abraão” [que Smith alega ter encontrado no Egito em forma de papiro escrito pelas mãos de Abraão, no entanto os estudiosos têm provado que este livro nada mais é do que uma cópia do livro pagão, “O Livro dos Sopros”, uma extensão de uma obra egípcia chamada “Livro dos Mortos”]; extratos de uma tradução da Bíblia feita por Smith [afirmava ser uma tradução inspirada da bíblia, contudo, os mórmons nunca usam tal tradução de tanto erros que contém]; e finalmente extratos da “História de Joseph Smith, o profeta”.

OS MÓRMONS CRÊEM QUE SEUS LIVROS SÃO INSPIRADOS?

É importante frisar que segundo os mórmons, todos estes livros foram traduzidos ou ditados por revelação divina. Portanto, sem chance de haver erros. Veja essas afirmações logo abaixo:

“Quando os servos do Senhor falam ou escrevem sob influencia do Espírito Santo, suas palavras tornam-se escritura” (Princípios do Evangelho, pág. 52)

“E tudo que falarem, quando sob inspiração do Espírito Santo, será escritura, será a vontade do Senhor, será a mente do Senhor, será a palavra do Senhor, será a voz do Senhor e o poder de Deus para a salvação. Eis que é esta a promessa do Senhor a vós ó Meus servos.” (Doutrina e Convênios, 68:4)

“Joseph Smith traduziu o Livro de Mórmon para o inglês pelo dom e poder de Deus.” (Princípios do Evangelho, pág. 53)

“Joseph Smith possuía o dom de tradução quando traduziu o livro de Mórmon. Ele recebeu o dom apenas quando estava em sintonia com o Espírito.” (Princípios do Evangelho, pág. 143)

A confiança nessa falsa crença é tamanha que já na introdução do livro de mórmon lemos o seguinte: “Com respeito a este registro o Profeta Joseph Smith declarou: ‘Eu disse aos irmãos que o livro de Mórmon era o mais correto de todos os livros da Terra e a pedra fundamental de nossa religião; e que seguindo seus preceitos o homem se aproximaria mais de Deus do que seguindo os de qualquer outro livro.”

Não é para menos, pois seus líderes pregam que Smith foi um verdadeiro profeta inspirado. Falando sobre seu testemunho pessoal o ex-presidente, Joseph Fielding Smith confessou:

“...recebi de minha santa mãe, a firme crença de que Joseph Smith era um profeta de Deus; que ele era mais inspirado do que qualquer homem de sua geração ou dos séculos que o antecederam; que ele era inspirado; que tinha sido escolhido por Deus para estabelecer os alicerces do reino de Deus.” (Gospel Douctrine, 5.a ed. 1939, p. 493 – citado em, “Ensinamentos dos Presidentes da Igreja”, pág. 21)

A idolatria irracional dos mórmons pelo seu profeta é tal que chegam a dizer;
“Joseph Smith, o Profeta e Vidente do Senhor, com exceção só de Jesus, fêz mais pela salvação dos homens neste mundo, do que qualquer outro homem que jamais viveu nele.” E “...o Livro de Mórmon e este livro de Doutrina e Convênios da Igreja foram publicados à custa do melhor sangue do século dezenove para a salvação de um mundo arruinado...” (Doutrina e Convênios 135:3-6)
Portanto, conquanto os mórmons acreditem na Bíblia como inspirada por Deus, aceitam também, no mesmo pé de igualdade seus 3 livros sagrados: o Livro de Mórmon, Doutrinas e Convênios e Pérola de Grande Valor. Todavia, na prática a Bíblia é aceita com reservas e relegada a segundo plano, pois dizem: “Cremos ser a Bíblia a palavra de Deus, o quanto seja correta sua tradução; cremos também ser o livro de Mórmon a palavra de Deus”. (Regras de Fé nº 8) Observe que quando se trata da confiança na Bíblia abrem-se exceções, aceitam-na “o quanto seja correta sua tradução”. Mas ao livro de mórmon não é imposta nenhuma restrição, aceitam-no sem nenhuma contestação.

“A Bíblia é verdadeira. Pode ser que nem todo o seu contexto tenha sido traduzido corretamente e que muitas coisas preciosas tenham sido rejeitadas durante sua compilação e tradução...” (Ensinamentos dos Presidentes da Igreja – Brigham Young, pág. 121)
E Orson Pratt afirma sem nenhum embaraço: "Quem sabe que até mesmo um único versículo da Bíblia tenha escapado à poluição, de modo que transmita o mesmo sentido agora que teve no original?" (Orson Pratt, Divine Authenticity of the Book of Mormon, pp. 45-47 – citado em “A Ilusão Mormon”) É um verdadeiro absurdo!
Mas em relação ao Livro de Mórmon afirmam: “assim como vive o vosso Senhor e vosso Deus, a tradução é verdadeira.” (Doutrina e Convênios 17:6)
Portanto, que escrituras os mórmons afinal possuem hoje? Deixemos que eles mesmos respondam:
“A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias aceita quatro livros como escrituras: a Bíblia, o Livro de Mórmon, Doutrina e Convênios e Pérola de Grande Valor. Esses livros são chamados de obras-padrão da Igreja. As palavras inspiradas dos profetas vivos também são aceitas como escrituras.” (Princípios do Evangelho, pág. 52)
Mas há outros ainda: “Os escritos de Joseph Smith incluem parte da tradução inspirada da Bíblia feita por Joseph Smith, seleções de History of the Church e as Regras de Fé.” (Princípios do evangelho, pág. 55)


O DESAFIO

A liderança mórmon a fim de produzir uma certa sensação de segurança nos seus seguidores quanto à origem divina dos escritos mórmons, lança o seguinte desafio:

“Se Joseph Smith foi um impostor que tentou deliberadamente induzir o povo ao erro, ele deve ser desmascarado, refutadas as suas asseverações e provada a falsidade de suas doutrinas, pois é impossível fazer que as doutrinas de um impostor concordem em todos os pormenores com a verdade divina. Se suas afirmativas e declarações fossem baseada na fraude e na impostura, apareceriam muitos erros e contradições, fáceis de averiguar. As doutrinas dos falsos mestres não resistem à prova quando confrontadas com os padrões de medida comprovados, as Escrituras”. (Doutrinas de Salvação Vol. I, Joseph F. Smith, pág. 204)

Orson Pratt, apóstolo mórmon, disse:

"Este livro deve ser verdadeiro ou falso... Se for falso, é uma das imposições mais espertas, malignas, audazes e profundas, feitas ao mundo com o propósito de enganar e arruinar milhões que a receberão sinceramente como a Palavra de Deus, e pensarão estar seguramente edificados sobre a rocha da verdade até que, com suas famílias, sejam lançados no desespero total. A natureza de mensagem de O Livro de Mórmon é tal que, se verdadeira, ninguém poderá rejeitá-la e ainda salvar-se; se falsa, ninguém poderá recebê-la e salvar-se. Portanto, cada alma no mundo tem interesse igual tanto na determinação de sua verdade como de sua falsidade... Se, depois de um exame minucioso descobrir que é uma imposição, deve ele ser exposto ao mundo como tal; as provas e argumentos pelos quais a falsidade foi detectada devem ser, clara e logicamente afirmados para que os que foram enganados, embora de boa mente, percebam a natureza do engano e sejam restaurados, e que os que continuam a publicar a ilusão sejam expostos e silenciados...mediante provas aduzidas das Escrituras e da razão." (Orson Pratt, Divine Authority of the Book of Mórmon- citado em “A Ilusão Mórmon”)

Ainda Orson Pratt: “Convencei-nos de nossos erros doutrinários, se é que o temos, pela razão, por argumentos lógicos ou pela palavra de Deus, e ficaremos eternamente gratos pela informação...” (O Vidente pág. 15)


Brigham Young, segundo presidente da igreja de Salt Lake City em Utah, lançou um desafio nos seguintes termos:
“Tomai a Bíblia, comparai a religião dos Santos dos Últimos Dias com ela, e vereis se ela resiste à prova” (Jornal de discursos, vol. 16 pág. 46 – 1873)

Um neófito depois de ler tão desafiadora afirmação de fé, jamais iria imaginar que ela não passa de uma retórica maquiada com falsidades, recheada de sofismas. Criada com o fito de afastar qualquer investigação mais profunda nos livros de Smith, a fim de que não seja desmascarados como pura fraude.
Mas os mórmons não se restringem apenas às revelações de seu fundador ou líderes do passado, conforme lemos em “As Regras de Fé” nº 9: “Cremos em tudo o que Deus tem revelado, em tudo o que ele agora, e cremos que ele ainda revelará muitas grandes e importantes coisas pertencentes ao Reino de Deus.”
Por isso dizem que: “Por intermédio dos profetas vivos, a Igreja é guiada por revelação e inspiração contínuas” (Princípios do Evangelho, pág. 306)
Desta maneira abre-se uma válvula de escape para que possa haver mutações em suas doutrinas. Pois, segundo crêem e ensinam, suas revelações são progressivas, podem futuramente ser modificadas sem embaraço algum.

QUAL A ORIGEM DESSAS VERDADES?

Brigham Young, ensinava sobre a origem das crenças mórmons nos seguintes termos: “Estejam sempre dispostos a receber a verdade, venha de onde vier, não faz a menor diferença.(...) Se os pagãos têm alguma verdade, ela pertence ao “mormonismo”.(...) Se puderem encontrar uma verdade nos céus, na Terra ou no inferno, ela pertence a nossa doutrina. Nela cremos ela nos pertence; nós a reivindicamos.” (Ensinamentos dos Presidentes da Igreja – Brigham Young, págs. 16,17)

“Porque devemos aceitar a verdade independente de sua procedência?” (Ensinamentos dos Presidentes da Igreja – Brigham Young, pág. 20)
Note que o critério de avaliação da religião mórmon é bem questionável. Enquanto Jesus nos mandou examinar com cuidado as escrituras, os mórmons aceitam certas “verdades” mesmo provindas do “inferno”. Enquanto o apóstolo Paulo nos diz que nem se ele mesmo ou um anjo provindo do céu nos pregasse algo diferente, deveríamos amaldiçoar [Gl. 1:6-8], mas ao contrário, os líderes mórmons aceitam qualquer coisa “independente de sua procedência”. Isto abre as portas para que doutrinas demoníacas sejam aceitas como “verdades” [I Tm. 4:1], pois para isso, Satanás se transfigura até mesmo em anjo de luz [II Co. 11:14].


PENSAMENTOS INDEPENDENTES? NEM PENSAR...

Os adeptos do mormonismo são proibidos de questionar a validade de tais ensinamentos mesmo que lhes pareçam estranhos [lê-se heréticos]. À semelhança de outros heresiarcas, os líderes mórmons os ensinam a receber suas revelações de modo passivo, pois caso contrário, podem estar se rebelando contra o próprio Deus. Isto facilita empurrar garganta abaixo a enxurrada de heresias formuladas pela cúpula da Igreja. Veja:
“Os santos que vivem sua religião serão exaltados, pois jamais negarão qualquer revelação que o Senhor lhes tenha dado ou que venha a dar e, mesmo que recebam uma doutrina nova que não possam entender plenamente, eles dirão: “O Senhor enviou-me esse ensinamento. Oro para que Ele me livra e proteja de negar qualquer coisa que Dele proceda e que me dê paciência para esperar até que eu possa compreendê-lo”

“Nunca repudiemos uma doutrina por ser nova ou estranha e nunca desprezemos ou zombemos do que vem do Senhor, pois se assim o fizemos colocaremos em risco nossa salvação.” (Ensinamentos dos Presidentes da Igreja – Brigham Young, pág.75)


PROIBIDO QUESTIONAR

“Sempre que qualquer membro desta Igreja expressa a disposição de questionar o direito que o Presidente da Igreja tem de dirigir todas as coisas, observemos as manifestações evidentes de apostasia..” (Ensinamentos dos Presidentes da Igreja – Brigham Young, págs. 80)

“Um dos primeiros passos da apostasia é procurar imperfeições em seu bispo...Não demora para que a pessoa se afaste da Igreja, e esse é seu fim. Vocês, por acaso, estarão entre os que procuram imperfeições em seu bispo?” (ibdem, pág. 81)

NUNCA SERÃO DESEMCAMINHADOS?


Desta maneira a mente dos adeptos são programadas para aceitar o próximo embuste, isto é, a crença de que seus líderes nunca poderão desencaminha-los, pois, segundo crêem, são guiados pelo próprio Deus através dum profeta vivo. Será mesmo? Os fatos da história apontam o contrário como veremos...

“O Senhor Todo-Poderoso dirige esta Igreja e jamais permitirá que vocês sejam desencaminhados... pois não há nenhum risco de que seus líderes os desencaminhem. Se tentassem fazê-lo, o Senhor rapidamente os varreria da face da Terra.” (Ensinamentos dos Presidentes da Igreja – Brigham Young, pág. 138)

“Digo a Israel que o Senhor nunca permitirá que eu ou qualquer outro homem na posição de presidente da Igreja vos conduza erradamente. Isso não está programado. Não é a vontade de Deus. Se eu tentasse isso, o Senhor me removeria da minha posição, e o mesmo aconteceria com qualquer outro homem...” (The Discourses of Wilford Woodruff, pp. 212-13 - citados em Princípios do Evangelho, pág. 49)

35 comentários:

Luiz.F. disse...

Eu tinha as mesmas dúvidas e conspirações que voce tem, aí resolvi perguntar para Deus, coloquei o próprio criador de todas as coisas à prova e senti no coração um forte sentimento de que tudo isso é verdade, por um momento achei que fosse Satanás tentando me enganar, mas com o tempo percebi que só podia ser de Deus, um sentimento tão bom não podia ser do mal. E sei como se sente, a sociedade, as pessoas, o mundo te consome para você sempre acreditar o contrário, o governo, a tv te influência, se você não pedir a verdade pelo divino sempre irá se conformar com as mentiras que os humanos julgam ser verdade, eu fazia isso. Deus é verdade e Ele sabe a verdade, se vc não quiser acreditar no orgulhos dos homens pergunte para Ele e ele te guiará no que realmente é certo e não no que disseram para você.

jacson santos disse...

Eu sei que o Evangelho de Cristo que é A Igreja de Jesus Cristo Dos Santos Dos Últimos Dias, é o Reino de Deus restabelecido novamente a terra. Meu amado irmão quem escreveu isso sobre a igreja, sinto um grande sentimento de amor por você neste momento e sei que tens grandes conhecimento deste Evangelho. Só precisa organizar melhor esse conhecimento e EU, COMO MEMBRO DESTA IGREJA E COM O TESTEMUNHO QUE TENHO DELA, DESAFIO-O A QUANDO VOCÊ LER ESTAS PALAVRAS A ORAR COM SINCERIDADES DE CORAÇÃO A DEUS E PERGUNTA A ELE SE ESTA IGREJA É REALMENTE DELE. LEMBRANDO-TE QUE DEVES FAZER UMA SINCERA ORAÇÃO. PODE ME RESPONDER NO E-MAIL: JACSONSILVADOSSANTOS@HOTMAIL.COM

oseias theodoro da costa silva disse...

Parabéns por tão grande texto. Muito claro e com detalhes. Uma Seita e Heresia se conhecem facilmente quando seu fundador se apresenta como um iluminado, como sendo único na terra a deter tal conhecimento ou revelação. É o caso de Joseph Smith.Que seus seguidores (os mórmons) possam ser libertos dessa heresia e se converterem ao Senhor Jesus Cristo pois só Ele é O Caminha, A Verdade e A Vida, e ninguém vai ao Pai a não ser por Ele.

oseias theodoro da costa silva disse...

Parabéns por tão grande texto. Muito claro e com detalhes. Uma Seita e Heresia se conhecem facilmente quando seu fundador se apresenta como um iluminado, como sendo único na terra a deter tal conhecimento ou revelação. É o caso de Joseph Smith.Que seus seguidores (os mórmons) possam ser libertos dessa heresia e se converterem ao Senhor Jesus Cristo pois só Ele é O Caminha, A Verdade e A Vida, e ninguém vai ao Pai a não ser por Ele.

Alini Rodrigues disse...

Sei que o evangelho restaurado é verdadeiro , e contradições como está não me fará pensar diferente.
A plenitude do livro de mormon faz com que muitas pessoas se confundam e muito pelo contrario , muitos estão vivendo em herasia não nós "mormons"

Alini Rodrigues disse...

Sei que o evangelho restaurado é verdadeiro , e contradições como está não me fará pensar diferente.
A plenitude do livro de mormon faz com que muitas pessoas se confundam e muito pelo contrario , muitos estão vivendo em herasia não nós "mormons"

karina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
karina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Francisco disse...

Leiam o livro: pela bandeira do paraiso. Este livro conta a história assombrosa deles. Vc sentira a presença do maligno de tão forte que é o relato. Sou ex elder mormon.

A Madame disse...

sou muito grato a Deus pela revelaçao da sua graça sem sombra de variaçao . e esta felicidade è maior quando vejo tantos que se deixaram dominar por caminhos tao loucos . ah se eu podesse os traria e os abraçaria de tanto amor pelas vossas almas . mas isso nao cabe amim nao vem de mim è dom de Deus; MAURICIO

Katarine. disse...

E as contradiçõeAs duas histórias contraditórias sobre a criação.
Primeira história
O homem foi criado depois dos outros animais. [Gn 1:25-27]
O homem e a mulher foram criados simultaneamente. [Gn 1:27]
Segunda história
O homem aparece antes dos outros animais. [Gn 2:18-19]
O homem foi criado primeiro, então os animais, e só depois a mulher, da costela do homem. [Gn 2:18-22]
Quanto tempo levou para criar os céus e a terra?
Um dia [Gn 2:4] ou seis dias [Gn 1:3 - 2:3]
As plantas foram criadas antes ou depois dos homens?
As plantas foram criadas antes dos homens. [Gn 1:11-13], [Gn 1:27-31]
As plantas foram criadas depois dos homens. [Gn 2:4-7]
Quando as estrelas foram criadas?
No quarto dia da criação, depois da criação da terra. [Gn 1:16-19]
Antes que a terra fosse criada. [Jó 38:4-7]s da bíblia ?

Katarine. disse...

Contradições da BQuantos deuses existem?
Há somente um Deus. [Dt 4:35], [Dt 4:39], [Dt 6:4], [Dt 32:39], [Is 43:10], [Is 44:8], [Is 45:5-6], [Is 46:9], [Mc 12:29], [Mc 12:32], [Jo 17:3], [I Co 8:6]
Existem vários Deuses. [Gn 1:26], [Gn 3:22], [Gn 11:7], [Ex 12:12], [Ex 15:11], [Ex 18:11], [Ex 20:3], [Ex 22:20], [Ex 23:13], [Ex 23:24], [Ex 23:32], [Ex 34:14], [Nm 33:4], [Jz 11:24], [I Sm 6:5], [I Sm 28:13], [Sl 82:1], [Sl 82:6], [Sl 86:8], [Sl 96:4], [Sl 97:7], [Sl 136:2], [Jr 1:16], [Jr 10:11], [Sf 2:11], [Jo 10:33-34], [I Jo 5:7]
Adão pode comer de qualquer árvore?
Adão pode comer de toda árvore. [Gn 1:29]
Há uma árvore da qual ele não pode comer. [Gn 2:17]
Adão morrerá no dia em que comer da árvore da ciência.
Adão morrerá no dia em que comer da árvore da ciência do bem e do mal. [Gn 2:17]
Adão come da árvore, e ainda vive 930 anos. [Gn 3:6], [Gn 5:5]
O casamento é uma boa coisa?
Casamento aprovado. [Gn 2:18], [Pv 18:22], [Mt 19:5], [Hb 13:4]ÍBLIA.

Katarine. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Katarine. disse...

O incesto é permitido. [Gn 20:12], [Ex 6:20]
Deus pode fazer qualquer coisa?
Deus pode fazer qualquer coisa. [Gn 18:14], [Jr 32:17], [Jr 32:27], [Mt 19:26], [Mc 10:27]
Existe algumas coisas que Deus não pode fazer. [Jz 1:19], [Mc 6:5], [Hb 6:18]
Podemos fazer juramentos?
Os juramentos são aprovados. [Gn 21:23-24], [Gn 24:2-3], [Gn 24:9], [Gn 31:53], [Gn 47:31], [Lv 27:2], [Nm 30:2], [Dt 6:13], [Dt 10:20], [Dt 23:21], [Sl 63:11], [Is 45:23], [Is 48:1], [Is 65:16], [Jr.4:2], [Jr 12:16], [Hb 6:13], [Ap 10:5-6]

Francisco disse...

Deus é um homem exaltado?

Os mórmons declaram que não, afirmando que Ele é Espírito: “E disse-lhe Amon: Este é Deus. E disse-lhe mais: Crês tu que este Grande Espírito, que é Deus, criou todas as coisas que estão no céu e na terra?” (Alma 18.28).

Em outras publicações, declaram que sim, como podemos ver: “Sim, o próprio Deus já foi como somos agora - Ele é um homem exaltado, entronizado em céus distantes!” , “O Pai possui um corpo de carne e osso tão tangível como o do homem” .

Em contradição com esta segunda afirmação, a Bíblia declara que Deus não é homem: “Deus não homem para que minta” (Nm 23.19a); ao contrário, afirma claramente que Deus é Espírito (Jo 4.24).

Francisco disse...

Pai, o Filho e o Espírito Santo são um só Deus ou existe uma pluralidade de deuses?

Os mórmons declaram que os três são um só Deus: “O Pai, o Filho e o Espírito Santo são um Deus, infinito e eterno, sem fim. Amém”, “E cantar louvores eternos ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, que são um Deus” (Mórmon 8.7).

Mas se contradizem quando afirmam haver uma pluralidade de deuses: “Eu sempre declarei que Deus é um personagem distinto, que Jesus Cristo é um personagem separado e distinto de Deus, o Pai, e que o Espírito Santo é outro personagem distinto, e é Espírito; são três distintos e três deuses. Se essa posição concorda com o Novo Testamento, olhai! Vede! Temos três deuses” . “Muitos homens dizem que há um Deus: o Pai, o filho e o Espírito são apenas um Deus. Que Deus estranho – digo eu - três em um e um em três! Que curiosa organização!” .

A Bíblia declara que há um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas, o Pai, o Filho e o Espírito Santo: “Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um” (I Jo 5.7). Ver também Gn 1.1,26, 2 Pe 1. 17, 1 Jo 5.20 e At 5.3,4.

Francisco disse...

Deus é eterno?

Declaração mórmon afirmando que sim: “Pois sei que Deus não é um Deus parcial, nem variável; ao contrário, é imutável de eternidade a eternidade” (Moroni 8.18).

A contradição, alegando que não: “Temos imaginado e suposto que Deus é Deus desde todo o sempre. Eu refutarei esta idéia e retirarei o véu” .

A Bíblia nos ensina que Deus é eterno: “O Deus eterno é a tua habitação, e por baixo estão os braços eternos" (Dt 33.27). “Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de eternidade a eternidade, tu és Deus” (Sl 90.2).

Francisco disse...

Deus é um ser mutável?

Não, afirmam os mórmons: “Por meio destas coisas, sabemos que há um Deus nos céus, que é infinito e eterno, de eternidade em eternidade, o mesmo Deus imutável, o criador dos céus e da terra, e de todas as coisas que neles há” , “Porque eu sou o Senhor e não mudo" (3 Nefi 24.6).

Sim, declaram os mórmons: “O próprio Deus já foi como somos agora” , “Vou contar-lhes como Deus veio a ser Deus” .

A despeito das dúvidas lançadas pelos mórmons, o próprio Deus diz na Bíblia que Ele não muda: “Porque eu, o Senhor, não mudo” (MI 3.6).

Francisco disse...

Podem os homens tornar-se deuses?

Declaração dos mórmons afirmando que não, pois não existe mais de um Deus: “Disse então Zeezrom: Existe mais de um Deus? E ele respondeu: Não” (Alma 11.28,29). Mas se contradizem quando dizem que sim: “Então serão deuses, porque terão todo o poder e os anjos lhe serão sujeitos” , “Como o homem é, Deus foi; como Deus é, o homem poderá vir a ser” .

A Bíblia diz que os homens não podem se tomar deuses, e quanto a isso afirma: “Antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá” (Is 43. 10).Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.
Porque na ressurreição nem casam nem são dados em casamento; mas serão como os anjos de Deus no céu.
E, acerca da ressurreição dos mortos, não tendes lido o que Deus vos declarou, dizendo:
Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó? Ora, Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos.
Mateus 22:29-32 Batismo pelos mortos é necromancia condenada pela Biblia

Francisco disse...

Deus criou o homem?

Declaração mórmon: “E eu, Deus, criei o homem a minha própria imagem" (Moisés 2.27 - Pérola de Grande Valor). Contradição: “O homem também no princípio estava com Deus. Pois o homem é espírito” .

Segundo a infalível Palavra de Deus, Deus criou homem: “E Formou o Senhor Deus o homem do pó terra” (Gn 2.7).

Francisco disse...

Jesus nasceu de uma virgem?

Sim, dizem eles: “E eis que nascerá de Maria, em Jerusalém, que é a terra de nossos antepassados. Ela será virgem, um vaso precioso e escolhido, o Espírito Santo a cobrirá com sua sombra e ela conceberá pelo poder dele e gerará um filho, sim o próprio Filho de Deus” (Alma 7.10). Não, dizem eles: “Cristo não foi gerado pelo Espírito Santo. Dizem que o Livro de Mórmon afirma que Jesus foi gerado Espírito Santo. Eu desafio tal afirmação. O livro de Mórmon não ensina isso! Tampouco a Bíblia” .

A Bíblia declara que Jesus nasceu de uma virgem: “Ora, o nascimento de Jesus foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo” (Mt 1. 1 8).

Francisco disse...

Jesus é o caminho da salvação?

Os mórmons dizem que sim: “Eis que Jesus Cristo é o nome dado pelo Pai, e não há outro nome pelo qual o homem se possa salvar” . “E não haverá nenhum outro caminho ou meio pelo qual os filhos dos homens possam obter sua salvação, que não seja em nome de Cristo, e através de Cristo, o Senhor Onipotente” (Mosiah 3.17). Contradição: “Não há salvação sem aceitação de Joseph Smith. Nenhum homem pode rejeitar esse testemunho sem incorrer nas mais terríveis conseqüências, pois não poderá entrar no reino de Deus” .

A Bíblia, no entanto, é clara ao dizer: “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” (Jo 14.6).

Francisco disse...

sangue de Jesus nos purifica de todo pecado?

Declaração mórmons dizendo que sim: “Os homens bebem condenação para suas próprias almas, a não ser que se humilhem e se tornem como as criancinhas, e acreditem que a salvação foi, é e há de ser pela expiação do sangue de Cristo, o Senhor Onipotente” (Mosiah 3.18). “Lembrai-vos de que não há nenhum outro caminho ou meio pelo qual o homem possa salvar-se, senão por meio do sangue expiatório de Jesus Cristo” (Helamã 5.9). Contradição: “Estais cientes de que existem certos pecados que o homem pode cometer para os quais o sangue expiador de Cristo de nada vale? Não sabeis também que esta doutrina é ensinada no Livro de Mórmon?” . A Bíblia declara que o sangue de Jesus nos purifica de todo o pecado: "O sangue de Jesus Cristo, seu filho, nos purifica de todo o pecado" (1 Jo 1.7).

Francisco disse...

Podemos orar a Jesus?

Declaração mórmon: “E eis que eles começaram a orar; e oravam a Jesus, chamando-o seu Senhor e seu Deus” (3 Nefi 19.18). Contradição mórmon: “Outro perigo é esses envolvidos muitas vezes começarem a orar a Jesus por sentirem uma amizade toda especial por ele” .

A Bíblia declara que devemos orar a Jesus: "Como todos os que em todo o lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso" (1 Co 1.2).

Francisco disse...

A salvação é pela graça ou pelas obras?

Declaração mórmon: “E sabemos também que a justificação pela graça de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo é justa e verdadeira” . Contradição: “Para que, guardando os mandamentos, pudessem ser lavados purificados de todos os seus pecados” . “Cremos que, por meio do sacrifício expiatório de Cristo, toda a humanidade pode ser salva pela obediência às leis e às ordenanças do evangelho”

Francisco disse...

A salvação é pela graça ou pelas obras?

Declaração mórmon: “E sabemos também que a justificação pela graça de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo é justa e verdadeira” . Contradição: “Para que, guardando os mandamentos, pudessem ser lavados purificados de todos os seus pecados” . “Cremos que, por meio do sacrifício expiatório de Cristo, toda a humanidade pode ser salva pela obediência às leis e às ordenanças do evangelho” .

A Bíblia declara que a salvação é pela graça, não por obras: "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras para que ninguém se glorie" (Ef 2.8,9).

Francisco disse...

Necromancia dos mormons Existe salvação após a morte?

Os mórmons dizem que não: “Porque se protelares o dia do vosso arrependimento para o dia da vossa morte, eis que vos tereis submetido ao espírito do diabo, que vos selará como coisa sua, é este o estado dos ímpios” (Alma 34.35). Os mórmons dizem que sim: “E agora, meus queridos e amados irmãos e irmãs, eu vos asseguro que estes são princípios referentes aos mortos e vivos que não podem ser encarados com descuido, no que diz respeito à nossa salvação. E eis que, qual é o assunto? É o batismo pelos mortos. Pois nós, sem eles, não podemos ser aperfeiçoados, nem podem eles, sem nós, ser aperfeiçoados” , “A maior responsabilidade neste mundo que Deus nos impôs é a de buscar nossos mortos” .

A Bíblia declara que não existe salvação após a morte: "E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo" (Hb 9.27). Como vimos, o mormonismo é uma crença cheia de contradições e, baseados em suas próprias afirmações, chegamos à conclusão de que seus ensinos são falsos. O mormonismo não é cristianismo.
Pratica condenada pela biblia, outra contradição se a salvação é individual porque os mormon batizão, logo a salvação depende de outro. A exaltação da mlher mormon depende do marido que recebe o novo nome dela no templo e a chama se ele não chamar a mulher não será exaltada,doutrina maxista.

Francisco disse...

Fonte da pesquisa para que os mormons não diga que é invenção da minha parte. Notas:

Ensinos do profeta Joseph Smith Jr, Joseph Fielding Smith, p. 359.
Doutrinas de Salvação, vol. 1, Joseph Fielding Smith, p. 204.
Mesmo livro citado, p. 205.
Ensinos do profeta Joseph Smith Jr, Joseph Fielding Smith, p. 336.
Doutrina e Convênios 130.22.
Doutrina e Convênios 20.28.
Ensinamentos do profeta Joseph Smith Jr, Joseph Fielding Smith, p. 361,362.
Mesmo livro citado, p. 364.
Mesmo livro citado, p. 337.
Doutrina e Convênios 20.17.
Ensinamentos do profeta Joseph Smith Jr, Joseph Fielding Smith, p. 336.
Mesmo livro citado, p. 337.
Doutrina e Convênios 132.20.
Estado das Regras de Fé, James E. Talmage, p. 389.
Doutrina e Convênios 93.29,33.
Doutrinas da Salvação, vol. 1, p. 21.
Doutrina e Convênios 18.23.
Doutrinas da Salvação, vol. 1, p. 206.
Mesmo livro citado, p. 145.
Vinde a Cristo, p.47.
Doutrina e Convênios 20.30.
Mesmo livro citado, 76.52.
As regras da fé da igreja, 3º artigo.
Doutrina e Convênios 128.15,18.
Ensinamentos do profeta Joseph Smith, p. 348.

Francisco disse...

Recado a Katrine sobre a morte,entenda o que é interpretação literal geralmente feita por seitas e alegóricas onde percebe-se a figura de linguagem, texto e contexto, ou seja, " doutrina profunda" para os os mórmons.Na net todo mundo quer ser doutro no assunto.Sou ex élder e bacharel em teologia,logo, do assunto eu entendo.Como os mórmons são leigos estão desqualificados para falar no assunto. Se vc for humilde vai ler esse link e sê o Espírito de Deus te permitir vai entender a questão. http://pt.slideshare.net/Noimix/a-teologia-da-morte


Francisco disse...

Alegar Tiago 1:5 seria honesto se você orasse a Deus e perguntasse se a Biblia é verdadeira. Uso a Biblia pois ela tem prova: arqueológica,histórica,linguística. Segue uma pergunta para os mórmons: Se o continente americano foi povoado pela família de Nefi e originou-se os Nefitas e Lamanitas logo, um teste de DNA provaria isso.Imaginnem vcs que pessoas que vieram de Jerusalém em um barco com DNA de Hebreus sofreram uma metamorfose e adiquiriram apararência de indios: incas, maias e astecas????? A não ser que vcs tb não acreditam no teste que prova nossa decendência.

Ronaldo Silva disse...

Jackson boa noite!
Se nos basearmos apenas em sentimentos o espírita está certo, o macumbeiro está certo, o muçulmano está certo, o hindu está certo, ou seja, todas as religiões estarão certas e sabemos que isso é impossível não é mesmo.
Precisamos ter uma referência para poder crer e esta referência é a bíblia, pois está escrito que a Fé vem de ouvir e ouvir a palavra de Deus.
Deus foi poderoso para guardar sua Lei, antigo testamento por séculos, agora você não acha que Ele também teria poder para guardar os relatos da nova aliança?
Espero de coração que encontre a Verdade!

Ronaldo Silva disse...

Jackson boa noite!
Se nos basearmos apenas em sentimentos o espírita está certo, o macumbeiro está certo, o muçulmano está certo, o hindu está certo, ou seja, todas as religiões estarão certas e sabemos que isso é impossível não é mesmo.
Precisamos ter uma referência para poder crer e esta referência é a bíblia, pois está escrito que a Fé vem de ouvir e ouvir a palavra de Deus.
Deus foi poderoso para guardar sua Lei, antigo testamento por séculos, agora você não acha que Ele também teria poder para guardar os relatos da nova aliança?
Espero de coração que encontre a Verdade!

Gil Web Designer disse...

fanatismo e mormonismo ,quando Jesus disse Eu sou o caminho a verdade e a vida, ele quis diser que nois não fosse criar outro evangelho e fundar outra igreja , isso é mentira esfarrapada , Jesus não voltou ainda pra buscar a igreja a pior mentira que eles pregam que Jesus já levou a sua igreja , se jesus tivesse levado estaríamos passando então pelo reino do diabo porque a palavara de Deus afirma quando Jesus diz quando vier ele sobre as nuvens todo os olhos o verá e todo joelho se dobrara e serão arrebatado e mortos ressuscitaram mãe gravidas não dará a luz
e então virá o fim e o reino do inimigo irá assolar a morte será trancada, e tem uma parte que a palavra do Senhor será tiarada de uma vez da terra, palavras finais veja em gálatas 1:7,8 e 9 diz 7que na verdade, não é o Evangelho. O que acontece é que algumas pessoas vos estão confundindo, com o objetivo de corromper o Evangelho de Cristo. 8Contudo, ainda que nós ou mesmo um anjo dos céus vos anuncie um evangelho diferente do que já vos pregamos, seja considerado maldito! 9Conforme já vos revelei antes, declaro uma vez mais: qualquer pessoa que vos pregar um evangelho diferente daquele que já recebestes, seja amaldiçoado!

2 Coríntios 11:13,14
Porquanto, tais homens são falsos apóstolos, obreiros desonestos, fingindo-se apóstolos de Cristo.

Jeremias 23:36
Mas nunca mais fareis menção da sentença encarregada por Yahweh, porque a Palavra que cada um proferir lhe servirá de sentença. Pois distorceis as palavras do Deus vivo, do Eterno dos Exércitos, o nosso Deus

wallace santos disse...

AOS IDIOTAS QUE DEFENDEM ESTES PROFETAS DE BAAL QUE CRIARAM ESTA HERESIA CHAMADA DE A IGREJA DOS SANTOS DOS ÚLTIMOS DIAS, DIGO O SEGUINTE: LEIAM E ANALISEM A BÍBLIA, PRINCIPALMENTE O LIVRO DE GÁLATAS CAPÍTULO 1, E CONHECERÃO A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ DAS GARRAS DESTE FALSO EVANGELHO QUE DE JESUS CRISTO NÃO TEM NADA. É UMA DOUTRINA DIABÓLICA, CRIADA POR UM FALSO PROFETA. SEUS LIVROS ESTÃO CHEIOS E PROFECIAS NÃO CONFIRMADAS , DOUTRINAS E CONVÊNIOS SEÇÃO 87, ONDE O FALSO PROFETA DIZ QUE A GUERRA CIVIL AMERICANA IRIA SE TRANSFORAR NUMA GUERRA MUNDIAL TODO MUNDO SABE QUE NÃO SE CUMPRIU A PROFECIA DO PROFETA FALSO E PILANTRA.

maria rodrigues disse...

muita gente que faz comentários criticando, zombando, escaneando, sobre a restauração do reino de Deus novamente na terra mal sabem que o inimigo opera em suas mentes para desmascara Jesus e sua igreja verdadeira, e vcs ingenuos caindo na labia da mansidão deste inimigo ardiloso, que se apossa de suas miseras informações e assocoações para tentarem justificar sua sabedoria falsa. Se dizem doutores, escritores, achando que isto convence aos convertidos neste evangelho, quem esta preparado e conhece a verdade não cai, mas os menos avisados são que nem patos, que caem com falacias que parecem convencer com decorebas ou pq tem o dom da escrita, ou de convencimentos , mas Cristo vem breve e saberemos tudo naquele dia.